Outubro 18 2008

Como é possivel não pensar nela, não falar nela, não ouvir o seu nome, não ler ou ver espalhado em tudo que é jornal diário????? De que falo??? É fácil...falo do tema que domínina a actualidade mundial...com 5 letrinhas apenas se escreve a palavra: CRISE!

 

Ainda ontem ouvia na sic um comentador dizer que esta crise é uma espécie de vulcão que esteve sempre ao nosso lado, mas só reparamos efectivamente nele quando entrou em erupção!!!!!! Ai sim?? Bem, acredito que para os mais distraídos ou aliados da realidade assim seja mas, para quem tem estado atento aos constantes "abalos sísmicos", sobretudo numa economia frágil como a nossa, a dita crise não é novidade nenhuma! Novidade podem ser as proporções que esta pode tomar mas isso acredito que só os especialistas no assunto podem ter a real noção (e mesmo assim!!!!). 

 

O tão falado efeito dominó encontra-se cada vez mais materializado aos olhos de todos e fácilmente percebemos que escapar a ele é impossível! Ontem deixem-me dizer que a sic apresentou sobre este tema uma excelente reportagem onde eram explicadas de forma clara e objectiva as causas, os intervenientes e as principais consequências da actual crise financeira! Mas, não posso deixar de apontar o dedo à parte final deste trabalho jornalístico. Não vou reproduzir aqui as últimas frases da peça mas posso dizer que o jornalista acabou por deixar duas questões no ar sobre as quais dizia, com um ar grave e demasiadamente dramático, que o melhor era nem tentarmos encontrar essas respostas!!!! Isto sim parece-me um exagero...! Explicar sim, informar sim, dramatizar .....não! Até porque não é com estas perguntas suspensas que se passa confiança, ou se devolve para o lado de lá do ecrã algum optimismo. Não quero com isto dizer que esse seja o trabalho dos media (muito longe disso) mas todos sabemos que o que ouvimos e lemos rápidamente serve para formarmos as nossas opiniões e nos posicionarmos face a um assunto. O que é definitivamente necessário é tranquilizar (dentro do possível) e, porque não acabar a dita peça mostrando que no mercado económico os níveis de confiança podem ser estabilizados e a definição de políticas e soluções comuns podem ser a chave para inverter a marcha! Mas não isso não teria tanto impacto!!!! E esta linha muito ténue e frágil entre a informação objectiva e o circo mediático quando é quebrada pode produzir efeitos muito pouco desejados!!! Também não falo de um optimismo desmedido e patético que algumas alminhas deste mundo enfiadas em gravatas de seda andam a pregar...mas falo de um optimismo moderado e equilibrado que fará com que os mercados não percam a confiança ou pelo menos que a recuperem! Até porque a economia mundial sempre foi e sempre será uma verdadeira montanha russa....acho que não preciso de dizer o que vem a seguir a uma descida vertiginosa, pois não????? E assim sucessivamente! Mas tudo isto leva o seu tempo e entre o que foi, o que é e o que pode ser só nós resta acreditar que "não há mal que sempre dure, nem bem que não se acabe"!

 

publicado por sandra às 19:42

mais sobre mim
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
16

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO